Quando devo consultar um advogado?

Por Thiago Henrique, OAB/MA 10.012

É muito comum observarmos casos de clientes que chegam ao nosso escritório com problemas simples que poderiam ter sido evitados se um advogado tivesse participado da tomada de decisão lá no início do contexto.

Infelizmente, culturalmente, nós costumamos buscar o advogado somente para remediar situações em que já ocorreu o prejuízo ou deflagrou-se o conflito.

Vale dizer que se todos tivessem acesso a um advogado antes da tomada de uma decisão importante, muitos processos judiciais não existiriam.

Entendo que este problema ocorre também em virtude da escassez e da dificuldade de acesso a um advogado qualificado.

Contudo, a tecnologia hoje nos permite realizar consultas jurídicas pela internet, facilitando o atendimento e trazendo comodidade tanto para o consulente quanto para o consultor.

A consulta pela internet, além de abreviar distâncias, poupa tempo, ou seja, você não precisa ficar aguardando para ser atendido no escritório do advogado, e torna mais acessível o atendimento na medida em que pode baratear os custos para elaboração do parecer jurídico.

Casos Específicos

Dúvidas Jurídica em Geral

Quando surgir uma dúvida jurídica, de qualquer natureza, procure sempre um advogado qualificado para não cometer falhas com base em informações falsas.

Análise de contratos

Na análise ou elaboração de qualquer tipo de contrato, o advogado é essencial. Não se engane, este é o caminho mais fácil para criar situações que poderão gerar grande dor de cabeça futuramente: assinar um contrato sem a devida análise prévia de um advogado.

Decisões sucessórias ou hereditárias

Na definição de heranças e planejamento sucessório é essencial ouvir um advogado especialista na área. Especialmente nos casos relativos à necessidade de um testamento ou abertura de inventário. É muito comum recebermos clientes envolvidos em fortes conflitos familiares decorrentes da ausência do planejamento sucessório prévio, ou seja, os filhos brigam em virtude da herança deixada pelos pais.

Decisões Profissionais

Qualquer decisão profissional relevante exige uma consulta prévia a um advogado, como, por exemplo, na verificação de situações que podem ensejar uma doença ocupacional.

Na compra ou venda de imóvel

É muito comum tomarmos conhecimento de pessoas que adquirem imóveis por meio de procuração pública e sofrem para conseguir a transferência do imóvel anos apos a realizaçao do negócio jurídico. Ouvindo previamente um advogado, é possível realizar a aquisição, ou venda, de um imóvel de forma segura e sem correr o risco de ter que passar por longo processo judicial no futuro.

Na compra ou venda de uma empresa ou participação societária

Mesmo na compra de um ponto comercial, na venda de participação societária, ou, ainda, na aquisição de uma empresa em pleno funcionamento, é primordial ter o acompanhamento de um advogado capaz de indicar as diligências necessárias para a correta realização do negócio jurídico.

Prevenção de litígios judiciais

Antes da tomada de qualquer decisão pessoal, profissional ou familiar, é essencial contar com a avaliação de um advogado para prevenir possíveis conflitos e prejuízos futuros.

Consideração de novas demandas

É sempre bom buscar um advogado quando há dúvida sobre a necessidade ou possibilidade do ajuizamento de um processo judicial, bem como avaliar as consequências da abertura de um litígio judicial.

Consultoria Jurídica pela Internet

Nosso escritório dispõe de um sistema que facilita a consulta com advogado pela Internet, de forma fácil, ágil e acessível, sem olvidar da qualidade já reconhecida pelo mercado.

Conheça nossa consultoria jurídica clicando neste link.

Open chat
Entre em contato conosco pelo WhatsApp